Roteiro de fim de semana: Serra da Canastra e Capitólio MG

Guia completo de o que fazer na região em uma viagem de bate-e-volta

Quer fugir do estresse do dia a dia e repor as energias em meio à natureza? Aproveite um final de semana e venha para a Serra da Canastra, em Minas Gerais. A área do Parque Nacional cobre 6 cidades, entre elas Capitólio, um dos pontos turísticos mais conhecidos do país.

Se o tempo e a grana tá curta, dquirir um pacote de viagem de final de semana pode ser uma opção viável. Em três dias dá pra conhecer o essencial da Canastra e Capitólio, e renovar as energias no meio de tantas cachoeiras.

Quer ver como é possível? Então confira este texto de lançamento do blog da Canastra Trips, e no final você pode ver como adquirir este roteiro com a gente:

1º dia

Para visitar o Parque Nacional da Serra da Canastra com segurança e agilidade, opte por agências de viagem que trabalham com condutores e guias credenciados pelo ICMBio, órgão federal que administra a área, e contrate seu pacote com antecedência para garantir sua vaga nos veículos 4×4 que atendem os roteiros da Canastra.

Outra dica importante, é chegar na cidade que irá se hospedar, preferencialmente, ainda na sexta-feira, assim dá para descansar e sair cedinho no dia seguinte para fazer os passeios. Nosso roteiro sugestivo inicia aos sábados e parte de Passos (MG), maior cidade da região:

Cachoeira do Trovão, principal do complexo Retiro Viking

Retiro Viking (antigo Paraíso Proibido)

A primeira parada do dia é no complexo de cinco cachoeiras e vários poços para banho, que está localizado em São João Batista do Glória (MG), em uma região preservada e pouco conhecida dos turistas, mas que tem tudo para virar queridinha dos viajantes em breve.

O Retiro Viking é uma boa opção para quem não gosta ou não pode fazer longas trilhas, pois os carros de passeio 4×4 conseguem levar os grupos por quase todo o trajeto do complexo. As poucas caminhadas que são feitas não ultrapassam 10 minutos.

Logo após a portaria de entrada, os visitantes se deparam com um mirante que tem uma vista exuberante da Cachoeira do Trovão, a primeira e maior queda d’água do atrativo.

As cachoeiras seguintes são, respectivamente, a Patinho Feio, Caixinha de Surpresas, Pequena Sereia e Quelé, que possuem poços com águas relaxantes e refrescantes.

O Retiro Viking costuma surpreender os turistas por sua beleza e tranquilidade, e é uma boa pedida para aqueles que desejam fugir do grande fluxo de turistas, especialmente em feriados e finais de semana. Por estar situado dentro de uma área privada, é cobrado uma taxa de R$ 15 para conservação.

Este passeio ocupa uma manhã inteira e o ideal é parar em um restaurante para almoçar, antes de seguir para o roteiro do período da tarde. É uma ótima desculpa para comer aquela comida mineira que todos amam!

Pedreira da Lagoa Azul

Pedreira da Lagoa Azul

A pedreira da Lagoa Azul é uma das paradas obrigatórias durante um tour pela região de Capitólio MG.

Após anos de extração de quartzo, surgiu na antiga pedreira um lago de águas cristalinas! O acesso ao local é complicado, mas os carros de passeio 4×4 conseguem fazer o percurso tranquilamente.

Esta parada é ótima para tirar fotos incríveis para o seu álbum de viagens, e para aquele mergulho em um local único.

Cachoeira Paraíso Achado

A cachoeira do Paraíso Achado está localizada na divisa de São João Batista do Glória e Capitólio, tem águas claras e tranquilas para nadar. Os poços da cachoeira são perfeitos para relaxar e curtir o momento. É um local de muita conexão com a natureza exuberante da Serra da Canastra MG.

Cachoeira Paraíso Achado

Mirantes da Usina Hidrelétrica de Furnas

A última visita do dia é contemplativa. Dar um pulinho na Usina Hidrelétrica de Furnas para conferir seus mirantes é um daqueles passeios de tirar o fôlego. É impressionante ver uma beleza natural tão rica, e em contraste a grande obra da engenharia humana.

Após vários quilômetros rodados e muitos mergulhos, é hora de retornar para seu hotel ou pousada e se preparar para o dia seguinte.

Vista de um dos mirantes dentro da Usina Hidrelétrica de Furnas

2º dia

Domingo é hora de voltar para a realidade, mas não antes de explorar o ponto turístico mais conhecido de Capitólio – o Lago de Furnas – também chamado de “Mar de Minas”, devido a sua grandiosidade e beleza.

Como você é uma pessoa prevenida, adquiriu um pacote de viagem completo e agendou o horário do seu passeio antecipadamente, tem vaga garantida nas embarcações que fazem o passeio.

Quem não garante o bilhete de embarque previamente, corre o risco de não conseguir fazer o tour pelo Lago de Furnas – principalmente, na época de feriados.

Fale com o staff da sua hospedagem e se informe como chegar em Capitólio – lembre-se que nosso roteiro de viagem tem como base a cidade de Passos – dê o check-out e siga para a cidade vizinha, mais especificamente a ponte do rio Turvo, ponto de embarque do passeio náutico.

As embarcações oferecem três opões de horários para o embarque dos turistas: 9h, 12h ou 15h, (lembre-se de reservar seu horário anteriormente com a agência) – e seguem o seguinte roteiro: Cânions de Furnas, Lagoa Azul, Vale dos Tucanos e Cascatinha, com paradas para banho no “Mar de Minas”.

O passeio de lancha é o com melhor custo-benefício, por ser mais rápido, com mais opções de horários e maior tempo de duração, que em média, fica entre 3 a 4 horas.

Lanchas durante o passeio no Largo de Furnas

Após descobrir os encantos desse “marzão” mineiro, muitos banhos de cachoeira e contato com tanta natureza preservada e única, suas energias para encarar a semana estarão 100% recarregadas!

Gostou dessa dica sobre a Serra da Canastra? Venha viver essa experiência com a Canastra Trips! 

Fale com a gente e siga nossas redes sociais:

WhatsApp: +55 35 99731-1500

Instagram: @canastratrips

Facebook: @canastratrips

Deixe um comentário

MENU